Pular para o conteúdo

Um bandido foi morto após tentar assaltar um ônibus (Circular I), no final da manhã desta segunda-feira (27), no bairro da Aurora, próximo ao Planalto Pingão. Informações preliminares indicam que dois elementos entraram no coletivo e minutos depois deram voz de assalto.

De acordo com informações, um passageiro que seria policial militar, ao ver à ação dos bandidos, não tomou conhecimento e reagiu ao assalto, houve troca de tiros e um dos bandidos foi atingido várias vezes e morreu no local. O outro foi preso e a população revoltada, ainda tentou retira-lo à força da viatura que se encontra no local, para aplicar aquela peia.

Os moradores da Cidade Operária agonizam com o esquecimento do poder público no bairro. As fotos mostram o que a comunidade tem passado, sem nenhum tipo de infraestrutura até mesmo para ter seu direito de ir e vir assegurado. Lamentável!

Esse pequeno desnível no asfalto, fica na avenida Norte Externa, próximo ao Viva Maiobinha, e pasmem, ele já estar enfeitando a comunidade há muito tempo, para alegria maior de moradores, condutores de veículos e pedestres. É brincadeira essa situação.

Essa imagem mostra o que seria um muro de uma unidade escolar do Estado, completamente tomado por lama, oriunda dos buracos da via. Lamentável, palavras já nos faltam, pois diariamente registramos o descaso do nosso gestor municipal.

 

Em breve a população do município de São Luís irá poder contar com um prédio que irá abrigar O Centro Integrado de Segurança Pública, sediando os órgãos ligados as áreas municipal de estadual. Para tanto, o plenário da Câmara Municipal aprovou, na manhã desta segunda-feira, (13), o projeto de lei nº 149/16, de autoria do Poder Executivo Municipal, que “autoriza a Prefeitura a firmar termo de concessão de direito real de uso de bem público pelo prazo de 20 (vinte) anos, com o governo do Estado do Maranhão”, determina a matéria.

A urgência da aprovação da proposição foi feita em regime de urgência foi solicitada pelo líder do governo no Legislativo Ludovicense, vereador Pavão Filho (PDT), tendo como voto contrário apenas o do também parlamentar Francisco Chaguinhas (PP), que questionou o pedido da liderança governista.

Pavão Filho explicou que no imóvel em questão funcionou a Secretária Municipal de Saúde, e com a mudança para a nova sede o mesmo sem ficou sem destinação. O mesmo argumento foi corroborado pelo vereador Isaias Pereirinha (PSL), acrescentando que o local serve para a prática de atos de vandalismo e provoca um clima de insegurança para a população e para quem transita pela área.

No futuro Centro Integrado de Segurança, segundo informou Pavão Filho serão sediados diversos setores ligados as Secretarias de Estado e Municipal de Segurança, “além de se tornar um equipamento necessário para o combate a insegurança em nossa cidade, sem contar que o pedido e a aprovação desse projeto se trata de uma parceria que tem esta Câmara Municipal com a prefeitura e com o governo do Estado”.

A matéria foi aprovada por praticamente todos os vereadores presentes no plenário do Legislativo São-luisense, exceto o voto contrário do vereador Francisco Chaguinhas, e por sua vez, o presidente da Casa, vereador Astro de Ogum (PR), fez questão de agradecer os votos de todos os vereadores, destacando que o colega que havia se manifestado contra também irá colaborar com mais essa ação para o bem estar da população e do município.

8

Os frequentes casos de homicídios em São Luís de ontem pra cá deixou em estado de alerta as autoridades da capital, em menos de 48 horas já foram três assassinatos na ilha. Na manhã de hoje(7), a vítima foi um pai de família que estava à caminho do trabalho, que provavelmente foi morto após assalto no bairro do São Raimundo.

Segundo informações, à vítima trabalhava na empresa Edeconsil como operador de maquinas. Certamente esse caso vai virar mais uma estatística ao órgão de segurança.

O triste de tudo isso é ver o nosso direito de ir e vir, sendo violado por culpa de má gestão pública.

A criminalidade está à solta em nossa capital e o que parece bem a vontade com seus atos de crueldade.

Enquanto o governo se preocupa em fazer blitz com a desculpa de "prevenção" em grandes avenidas da ilha, com objetivo de aumentar suas receitas com multas e apreensões de veículos com documentação atrasada. Os criminosos transitam livremente cometendo seus delitos em carros e motos nos bairros de grande incidência criminal da cidade.