Pular para o conteúdo

Todo eleitor está cadastrado para votar em uma seção eleitoral específica. Por isso, é fundamental saber o número da sua zona eleitoral e o seu local de votação. Para tanto, a Justiça Eleitoral disponibiliza uma série de opções que permitem ao eleitor saber em qual seção deverá comparecer para exercer seu direito de voto.

Para conhecer o local onde votar, o eleitor deve acessar o site do TSE e clicar em "Título e local de votação". Após preencher os campos solicitados (nome ou título de eleitor, data de nascimento e nome da mãe), o eleitor obterá informações sobre a zona, a seção e o local onde votar. Os sites dos respectivos Tribunais Regionais Eleitorais também destinam um espaço para consulta dessas informações.

http://www.tse.jus.br/eleitor/servicos/titulo-de-eleitor/titulo-e-local-de-votacao/consulta-por-titulo

Ao fazer a consulta, o eleitor obterá o número de sua inscrição eleitoral, zona eleitoral e local de votação, com endereço completo.

O governador Flávio Dino (PCdoB), usou suas redes sociais para detonar o candidato presidenciável Jair Bolsonaro. Dino chamou Bolsonaro de “fascista”.

A postagem de Flávio Dino nas redes sociais foi em razão de um comentário do filho de Bolsonaro, ao dizer que  para fechar o STF basta “um soldado e um cabo”.

O governador Flávio Dino, tem sido um dos principais cabo eleitoral de Haddad no Maranhão, e tenta a todo custo aumentar o eleitorado do petista na capital na eleição do próximo domingo(28).

Vale lembrar a Dino que o presidenciável Haddad, estar perdendo feio nas pesquisas na grande São Paulo (maior capital do país),  que por sua vez o petista não se reelegeu em 2016,  perdendo de forma humilhante para um iniciante na política, (João Doria).

Segundo pesquisa feita pelo Instituto Paraná entre os dias 18 e 21 de outubro, Bolsonaro tem 69,1% dos votos válidos no estado, contra 30,9% de Fernando Haddad (PT). Há uma semana, o placar era 69,9% a 30,1%.

Considerando os votos totais, Jair Bolsonaro (PSL) tem 59,5% das intenções de voto dos paulistas, ao passo que Haddad tem 26,6%. Brancos, nulos e indecisos somam 14% do eleitorado.

Nos dados segmentados, a vantagem do militar reformado é maior entre o eleitorado masculino (66,3% a 22,8%), com idade entre 25 e 34 anos (61,9% a 23,8%) e entre 35 e 44 anos (62% a 23,2%), com Ensino Superior (68,5% a 18,8%), e entre os eleitores de João Doria (79% a 12,7%).

A pesquisa também testou a rejeição aos candidatos. O percentual de paulistas que dizem não votar de jeito nenhum em Bolsonaro oscilou positivamente de 32,1% para 33,1% em uma semana. Já a rejeição a Haddad foi de 62,8% para 63,2%.

A pesquisa Paraná entrevistou 2.020 eleitores de 88 municípios de todas as regiões do estado de São Paulo. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro estimada, de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo. O levantamento está registrado na Justiça Eleitoral com o código BR-00250/2018.

Na primeira pesquisa de intenções de voto da semana da eleição, o presidenciável Jair Bonsonaro (PSL) segue na liderança, com 60%, contra 40% de Fernando Haddad (PT). Os percentuais desconsideram votos brancos e nulos. A pesquisa divulgada nesta segunda-feira (22) foi encomendada pelo BTG Pactual ao Instituto FSB.

No último levantamento BTG/FSB, divulgado na segunda-feira (15), Bolsonaro tinha 59% das intenções de voto, enquanto Haddad aparecia com 41%.

De acordo com a pesquisa, quando considerados todos os votos, o candidato do PSL tem 52%, contra 35% do petista, segundo divulgado pelo Metrópoles

Rejeição

A rejeição de Haddad está em 52%, enquanto Bolsonaro tem 38%. 10% dos eleitores do militar disseram que votam nele para impedir vitória de Haddad. Entre os que escolheram o petista, 18% afirmam buscar evitar a vitória do candidato do PSL.

A pesquisa foi feita em 20 e 21 outubro, com 2 mil eleitores das 27 unidades da Federação. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no TSE sob o número BR-03689/2018.

Nova pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira(18), indica que Jair Bolsonaro, candidato do PSL ao Planalto, tem 59% das intenções de votos válidos, contra 41% de Fernando Haddad, do PT.

Se considerados os votos totais, que incluem brancos e nulos, o candidato do PSL tem 50%, contra 35% do petista. Outros 15% afirmam que não votarão em nenhum postulante ou não responderam.

O instituto foi a campo nesta quarta-feira 17 e nesta quinta 18.  A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

No levantamento anterior, divulgado há oito dias, o capitão reformado do Exército tinha 58% dos votos válidos, contra 42% do petista. Em relação ao eleitorado total, o ex-militar tinha 49%, contra 36% de Haddad.

A vantagem de Bolsonaro sobre Haddad segue maior entre os homens (58% a 32%) do que entre as mulheres (43% a 39%). Haddad segue à frente do ex-militar no Nordeste, onde tem 53% dos votos totais. Bolsonaro tem 31% na região. 

Nas outra quatro regioões, Bolsonaro tem larga vantagem. Na Região Sul, por exemplo, tem 61%, contra 27% do petista. 

Segundo o Datafolha, 95% dos eleitores do candidato do PSL dizem estar decididos. Entre os que votam no petista, 89% declaram não ter intenção de modificar o voto. 

A quinta-feira deste dia 11 de outubro dos candidatos à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) promete ser intensa. Apesar da recomendação médica de evitar um ritmo mais acelerado de atividades, Bolsonaro convocou um ato político no Rio. Haddad estará em Brasília para reuniões na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o PSDB.

Por meio de interlocutores, Bolsonaro convocou os eleitos pelo PSL e partidos coligados para um grande ato público, às 14h, no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca. A expectativa, segundo apoiadores, é reunir 380 pessoas. Será transmitido um discurso do candidato destacando a importância do engajamento no segundo turno.

Nas redes sociais, Bolsonaro criticou os atos de violência cometidos por quem se diz simpatizante e apoiador de sua candidatura.

“Dispensamos voto e qualquer aproximação de quem pratica violência contra eleitores que não votam em mim. A esse tipo de gente, peço que vote nulo ou na oposição por coerência, e que as autoridades tomem as medidas cabíveis, assim como contra caluniadores que tentam nos prejudicar.”

Brasília

Haddad tem reunião na CNBB. No encontro, ele pretende reiterar suas preocupações com a execução de um programa de governo baseado no respeito e na preservação dos direitos humanos e sociais. Também deve destacar a prioridade nas ações direcionadas aos menos favorecidos.

Apesar de não estar na agenda oficial do candidato, há a expectativa de Haddad se reunir com o presidente nacional do PSDB, Carlos Siqueira. Ontem (10) a legenda reiterou apoio à candidatura do petista.

Nas redes sociais, Haddad voltou a pedir que Bolsonaro participe dos debates e colocou-se à disposição para se reunir com o adversário em qualquer local. “Faço o que ele [Bolsonaro] quiser para ele falar o que pensa e debater o país. Com assistência médica, enfermaria, em qualquer ambiente.”

O deputado Junior Verde agradece em vídeo a todo o povo maranhense pelas diversas manifestações recebidas em suas visitas, caminhadas, reuniões e carreatas ao longo de sua campanha.

Confira,

Na reta final da campanha, o deputado estadual Júnior Verde (PRB) foi recebido por uma multidão de apoiadores em Brejo, onde esteve no último final de semana. Moradores, lideranças políticas e comunitárias do município e da região declararam apoio e caminharam pelas ruas, fortalecendo o projeto de reeleição do parlamentar.

Júnior Verde tem um trabalho reconhecido no município. Para lá, o parlamentar intermediou o Programa Mais Asfalto, fez solicitações para a pavimentação de vias e teve papel decisivo para a implantação do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) por meio de Indicação de sua autoria.

A população reconheceu a atuação do deputado e os benefícios alcançados para a cidade e acompanhou a comitiva formada por Júnior Verde, os ex-prefeitos Dr. Omar, Carlota e Chico Caldas, além de Olívia Caldas e outras fortes lideranças da região.

"Júnior Verde tem ajudado muito Brejo, um exemplo disso foi a implantação do pólo do IEMA aqui na cidade, e nós reconhecemos seu esforço, que beneficiou centenas de jovens e adolescentes. Além das demais ações que trazem melhoria de vida para a nossa sociedade", declarou Dr. Omar.

"Tenho certeza que o deputado estadual Júnior Verde vai continuar trabalhando em benefício do povo maranhense, em especial aos moradores de Brejo, como ele tem feito", disse Olívia Caldas.

“Nos sentimos abraçados pelos moradores de Brejo, que fortalecem e renovam as nossa esperanças e fé. A busca de uma sociedade desenvolvida e com oportunidades para todos", finalizou Júnior Verde, que também arrastou uma multidão em Vargem Grande, ao lado do candidato a deputado federal Eduardo Sá e outras lideranças como Dr. Júnior Matos, Pastor Airton e Aurélio Araújo.

Em São José de Ribamar, o único candidato ligado ao presidenciável Jair Bolsonora(PSL), é o filho do saudoso J. Câmara. O candidato a deputado estadual Roberto Câmara tem sido um grande cabo eleitoral de Bolsonário no município.

Recentemente Câmara foi um os principais idealista da carreata pró-Bolsonaro naquele município, onde reuniu centenas de veículos.

A cidade de Ribamar é o terceiro município do Estado em população, e nunca teve um filho da cidade na representando seu povo no legislativo estadual.

O saudoso ex-prefeito J. Câmara, é considerado por maioria esmagadora entre os ribamarenses como o melhor administrador que a cidade balneária ja teve. E quem conhece o Roberto Câmara sabe da importância que ele teve durante a gestão do pai, onde acompanhava de perto todas as obras que era construída da gestão de J. Câmara.

Com a experiência que teve ao longo dos anos ao lado do pai, Câmara tem ressaltado em suas reuniões que vai priorizar obras de resistência na área de mobilidade, criando projeto de Lei para saúde, educação e incentivo à cultura maranhehse.

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) segue sua agenda de campanha no interior do Estado e fortalece suas bases rumo à reeleição na Assembleia Legislativa. Nos últimos dias, o parlamentar visitou diversos municípios na companhia do deputado federal Cleber Verde (PRB), que também busca renovar o mandato na Câmara Federal.

Júnior Verde tem participado de reuniões com diversos segmentos prestando contas do trabalho realizado, colhendo mais demandas. O deputado avança nas cidades maranhenses, e visitou recentemente Igarapé do Meio, com o apoio do representante do Sindicato da Pesca, Júnior; Zé Doca, com as lideranças Hudson e Renato; Newton Belo, onde realizou grande comício com os apoiadores Rildo 10; e Santa Luzia do Tide. Por onde passa, o parlamentar reencontra amigos, fortalece as parcerias e reafirma os compromissos assumidos em diversas áreas.

"Agradecemos os votos de confiança que recebemos com muito trabalho e compromisso, que são transformados em resoluções, proposições, projetos de leis  e indicações. Afirmo com alegria que todos os nossos esforços têm se transformado em melhorias para toda a sociedade maranhense, da capital ao interior do Estado. Agora, precisamos pensar no futuro e no presente. Hoje, temos muitas ações que trazem benefícios para os segmentos sociais e vamos fazer muito mais", garantiu Júnior Verde.

"Nós queremos que o cidadão maranhense escolha aqueles que de fato irão trabalhar pelo povo do nosso Estado e eu e o deputado estadual Júnior Verde já demos exemplo do que podemos fazer em prol do povo do Maranhão”, afirmou Cleber Verde.