Pular para o conteúdo

Durante o último final de semana, o deputado estadual Júnior Verde percorreu os municípios de Tutóia, Araioses e Santo Amaro, reunindo lideranças políticas, trabalhadores rurais, pescadores e agricultores familiares para colher demandas que serão levadas ao Governo do Estado.

Uma das primeiras providências será a elaboração de uma Indicação ao Ministro da Previdência Social sobre a necessidade da publicação do regimento interno regulamentando as atribuições e competências da atividade pesqueira, considerando que a mesma foi incorporada à agricultura e muitas decisões da Superintendência da Pesca dependem das condições legais para legitimar suas ações.

O parlamentar solicitará também celeridade na pavimentação da Ma-135, no trecho que liga Barreirinhas a Paulino Neves, e na conclusão da estrada que vai de Água Doce a Araioses, como incentivo ao Turismo e ao desenvolvimento econômico da região.

Outra Indicação que será encaminhada solicita a inauguração das agências do INSS, já devidamente concluídas a mobiliadas, nos municípios de Araioses, Alto Alegre do Pindaré e Zé Doca.

“Solicitaremos ainda uma viatura traçada para diminuir as dificuldades de muitos trabalhadores da região de Tutóia; a construção de uma ponte para o município de Santo Amaro; a ampliação da rede elétrica dos povoados Cocal e Cassó; uma ambulância para o município de Santo Amaro; e a conclusão da quadra e da escola do povoado Cocal, cujas obras estão paradas há mais de um ano”, garantiu Júnior Verde.

Os trabalhadores dos três municípios também solicitaram ao deputado assistência técnica, liberação das linhas do PRONAF e instrumentos para fomentar a produção maranhenses. “Todas demandas legítimas. Temos terra, água e principalmente, a mão de obra necessária para alavancar a produção maranhense. Faremos nosso papel em dar as condições para que isso aconteça”, concluiu.

5

O Major Janilson Lindoso pediu na última semana o seu afastamento do cargo que lhe foi confiado pelo prefeito Assis Ramos, da pasta de Esporte e Lazer (Sedel) na cidade de Imperatriz. A motivação da saída foi definida pelo ex-secretário, devido vários problemas relacionados à sua pessoa que tomou conotação nacional, após ser preso por 11 dias no Comando Geral da Policia Militar em São Luís.

Momento da chegada do Major Janilson ao Comando Geral, preso e algemado

Após várias manifestações da população de Imperatriz em favor do Major Janilson e também por meio de seus advogados Rafael Maciel, Lázaro Santos e Wellington Diniz, o oficial foi solto do Comando Geral da PMMA.

Após 11 dias presos, oficial Janilson é solto

Outro ponto que levou o oficial se afastar da pasta de Esporte e Lazer. foi o fato de colegas indicados a cargos de confiança pelo prefeito, como o caso do Dr. Alair médico e Diretor do Incrim em Imperatriz, Dr. Josenildo delegado da DPCA e o PC Leandro Braga, nãos serem liberados para tomar posse. O que mostra mais uma vez, que o grande problema é o Major.

Com a saída do Major Janilson da pasta de Esporte e Lazer da cidade de Imperatriz, o prefeito Assis Ramos empossou na última segunda-feira (6), a nova titular da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Sedel), Greyciane Gomes da Silva Lindoso.

Janilson afirmou que independente do seu afastamento, ele vai continuar colaborando com a nova secretária e com a administração municipal. Uma vez que o oficial tem largos serviços prestados ao esporte amador e profissional da cidade, principalmente no âmbito social, com crianças e adolescentes.

O Ministério Público do Maranhão expediu Recomendação, no dia 24 de janeiro, à Companhia de Saneamento Ambiental (Caema) para que a empresa não realize cobrança nas faturas dos consumidores referentes aos dias 16, 17, 18 e 19 de janeiro, período em que a cidade de Imperatriz esteve sem fornecimento de água por conta do rompimento da adutora.

O documento foi elaborado pelo promotor de justiça Jadilson Cirqueira, titular da 3ª Promotoria de Justiça Especializada em Meio Ambiente de Imperatriz e que está respondendo pela 2ª Promotoria de Justiça Especializada em Direitos do Consumir e dos Direitos Fundamentais.

O promotor argumena que, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, o faturamento dos dias em que houve interrupção no fornecimento de água caracteriza cobrança indevida, o que poderia levar a empresa a pagar em dobro os valores cobrados aos usuários.

No dia 31, a Caema enviou um ofício ao MPMA informando que cumprirá a Recomendação, não cobrando os quatro dias em que a cidade esteve sem abastecimento de água. A empresa informa que o desconto será feito nas faturas do mês de fevereiro, que são referentes ao consumo de janeiro.

Um homem  identificado como Luis Carlos Pereira da Silva, de 27 anos, foi preso ontem(7) suspeito de praticar vários assaltos na região da Cidade Olímpica, em São Luís. Segundo informações policiais, o bandido havia acabado de cometer um assalto a uma senhora na porta da residência da mesma, quando a viatura realizando suas rondas pelo bairro, foi abordada pela vítima que relatou aos policiais o ocorrido e descreveu características do assaltante.

De imediato a guarnição do 6º BPM , VTR 16-003 da Cidade Olímpica, realizou buscas pelo local e ao avistar o suspeito em uma bicicleta. O elemento ao perceber à aproximação da viatura em sua direção se desfez de um revolver calibre 38, arremessando a arma em cima de um telhado.

Ao efetuar a prisão do meliante, foi encontrado dois aparelhos celulares e o revólver de calibre 38. Os policias conduziram o suspeito ao plantão da DECOP, onde o mesmo foi autuado por roubo qualificado e porte ilegal de arma de fogo.

 

Câmara de Vereadores de Codó aprovou projeto de lei.
Critério para selecionar professores será apenas de avaliação de currículo.

A Câmara de Vereadores do município de Codó, a 290 km de São Luís, aprovou o projeto de lei que autoriza a contratação de 300 professores sem concurso público. O critério que vai ser utilizado para selecionar professores para a rede municipal será apenas de avaliação de currículo.

O projeto de lei no qual o poder executivo pedia autorização para contratar professores na cidade apenas analisando currículos terminou recebendo a aprovação de 16 vereadores. Agora a Prefeitura de Codó, com o aval da Câmara, vai realizar o seletivo curricular, uma vez que as aulas deverão começar no próximo dia 20 de fevereiro.

De acordo com informações da Secretaria de Educação do Município, o edital lançado abre apenas dois dias para a entrega dos currículos. Os currículos serão recebidos somente nesta quarta (8) e quinta-feira (9).

A secretária de Educação de Codó, Deuzimar Serra, explicou que a banca examinadora formada por mestres e doutores em Educação vai pontuar de zero a dez os documentos apresentados pelo candidato. Ela acrescenta que quanto mais pontos o candidato tiver mais chance ele terá de ser contratado.

“Nessa pontuação vai levar em consideração, além da licenciatura, também a formação continuada, a pós-graduação, se tiver, e a experiência profissional. Então vai ser contabilizado isso olhando o currículo. Além disso, nós temos também que observar o plano de curso, se está devidamente preenchido conforme o que diz a didática”, explicou a secretária.

Sobre a interferência política na escolha dos candidatos, sobretudo de vereadores, aliados do prefeito indicando currículos, a secretária Deuzimar Serra garantiu que isso não ocorrerá. “Essa seleção ela vai seguir um roteiro rigoroso por uma banca de pessoas, de profissionais sérios, habilitados, mestres, doutores que foram convidados. Então, eu te garanto que essa interferência não vai existir porque eles já estão conscientes”, finalizou.

 

G1MA

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) foi recebido nesta terça (07) pelo presidente da OAB-MA, Tiago Dias, para uma reunião em que discutiram sobre projetos que promovam alterações no arcabouço jurídico do país, no que diz respeito à Segurança Pública. Durante o ano de 2017, o parlamentar realizará discussões por meio de audiências públicas, sempre com a participação da OAB, em busca de um sistema jurídico efetivo no cumprimento de penas, mas que realize a ressocialização dos apenados.

 

Na ocasião, o parlamentar, o presidente e advogados da Seccional Maranhense discutiram de que forma poderão promover mudanças no Código Penal, no Código de Processo Penal e até na Constituição, como leis que estabeleçam penas para trabalhos forçados, por exemplo.

 

Qualquer indivíduo que cometa um crime contra a sociedade deve ser responsabilizado, mas também deve ter garantido um processo efetivo de ressocialização”, defendeu Júnior Verde. “O preso sai em condicional e o Estado não acompanha, como ocorre em outros países onde o sistema funciona. Aqui, deve ser assim também”, completou.

 

O presidente da OAB agradeceu a visita do paramentar e colocou a Seccional à disposição do parlamento. “Precisamos mudar as leis desse país e isso passa por uma ampla discussão. Agradeço a disposição da OAB. Vamos trazer a bancada federal para participar dessa discussão e conseguir mudanças concretas por meio do Legislativo Estadual”, concluiu.

 

Um Sargento da Polícia Militar do Maranhão lotado no 16º BPM na cidade de Chapadinha foi vítima da violência desmedida que assola o Maranhão.

Rômulo, como foi identificado o PM, foi alvejado com quatro disparos de arma de fogo na manhã deste sábado (4) por um vizinho idoso que não teve o nome revelado, mas já encontra-se preso.  A motivação ainda não foi esclarecida, mas teria ocorrido uma discussão antes dos disparos.

O policial foi socorrido e levado às pressas para a a HAPA de Chapadinha, mas ele não resistiu aos ferimentos e faleceu. Um dos disparos atingiu a região do pescoço do PM.

Sargento Rômulo estava de folga. Ele deve ser velado em Chapadinha e sepultado neste domingo.

 

 

 

Depois de estrear com derrota na Copa do Nordeste 2017, o Sampaio faz sua primeira partida em casa na competição na busca por reabilitação. O Tricolor recebe o River-PI, neste sábado, no Estádio Castelão, às 18h15, pelo Grupo C do Nordestão.

Pela primeira vez na temporada, o técnico Vinícius Saldanha irá alterar a escalação titular em 2017. Entre o Estadual e a Copa do Nordeste, o treinador fez três partidas com a mesma formação, porém, contra o River-PI é obrigado a fazer no mínimo uma mudança.

Saldanha não contará com o lateral Esquerdinha, que foi expulso na partida diante do Sport e terá que cumprir suspensão automática. O treinador não confirma o nome para a posição, mas adianta que as principais opções são a entrada de Zada ou o deslocamento de Otávio para o setor.

O favorito para assumir a posição é o nome da própria função, Zada. Caso a escolha seja por Otávio, Saldanha terá que recompor um time com um zagueiro e Marques apareceria como principal nome. Ruahn, que vem treinando como atacante, e Wesley, da base, também são opções, mas as chances são bem remotas.

A tendencia é que Vinícius Saldanha faça apenas essa alteração. Mas existe ma substituição opcional cogitada que é a entrada de Daniel Barros no lugar de Cloves.

O jogo
Local e horário:Castelão, às 18h15 (horário local)
Provável time: Jean; Artur, Breno, Otávio e Zada; Alex, Diego Valderrama, Cloves (Daniel Barros); Fernandinho, Henrique e Carlos Alberto.
Arbitragem: Ítalo de Azevedo (RN) apita o jogo, auxiliado por Lorival das Flores (RN) e Jean dos Santos (RN).
Transmissão: tempo real pelo globoesporte.com a partir das 17h45

Uma obra inciada em junho do ano passado na quadra poliesportiva no bairro da Alemanha, jamais foi concluída. E o pior aconteceu, a obra foi abandonada pela empresa contratada para executá-la.

A obra é da responsabilidade da Secretaria Municipal de Desportos e Lazer (Semdel), a reforma na quadra foi contratada por R$ 300 mil. Mas a empreiteira responsável pelo serviço nunca mais enviou operários para dar continuidade aos trabalhos.

A comunidade da Alemanha está indignada com o abandono da obra, sobretudo por causa da utilidade daquele polo esportivo que beneficia centenas de crianças e jovens do bairro e adjacências.

Essa foi uma reforma apenas para implantação da cobertura da nossa quadra, e no entanto a empresa só colocou a armação e nunca mais foi feito nada, quem perdeu foi a comunidade, onde todos os dias existia um momento de lazer na quadra. Desabafou um morador.”

No local, apenas as bases da estrutura onde o teto será montado, foram iniciadas pela empresa. Os recursos para a construção da cobertura da quadra, são provenientes do Governo Federal, este já constatado no Portal da Transparência. (Veja foto):

Apesar da falta da cobertura, o local foi completamente obstruído para qualquer prática de atividade esportiva, em detrimento da sujeira que a obra causou naquele espaço. Espera-se que o prefeito Edivaldo Holanda Jr, viabilize juntamente com o secretário municipal de esporte, Júlio França a continuidade da obra.

O Ministério Público do Maranhão pediu a prisão preventiva de Aguinaldo Júnior Rodrigues Silva, suspeito de estuprar uma jovem no domingo, 29, ao voltar de uma festa na cidade de Imperatriz. O pedido foi feito nesta terça, 31, pelo promotor de justiça Joaquim Ribeiro Júnior, titular da Promotoria de Justiça Especializada em Defesa do Idoso e Pessoas com Deficiência, que está respondendo pelo plantão judicial.

Aguinaldo foi preso em flagrante ainda no dia 29 pela Polícia Civil, após denúncia feita pela vítima. No dia 30, o suspeito foi posto em liberdade provisória com medidas cautelares, dentre elas, a proibição de manter qualquer contato com a vítima ou testemunhas, observando a distância mínima de 700 metros de distância.

O promotor de justiça recorreu da decisão porque, para ele, não há meios de fiscalização suficientes para garantir que o suspeito mantenha a distância da vítima ou das testemunhas, colocando em risco a vida destas pessoas. “Se faz necessária a prisão do indivíduo já que há indícios suficientes da autoria do estupro. Além do que, crimes de tamanha gravidade geram temor e insegurança à comunidade”, conclui Joaquim Ribeiro Júnior.

O CASO

A vítima relata que Aguinaldo ofereceu carona para casa após uma festa na madrugada de domingo. Entretanto, o suspeito levou-a para outro lugar com o intuito de manter relações sexuais com a jovem, que se recusou.

De acordo com o laudo da perícia, após sofrer estrangulamento e desmaiar, a vítima foi violentada.

Segundo a polícia, o suspeito fingiu não estar em casa quando foi procurado em sua residência para não ser preso em flagrante.