Pular para o conteúdo

Cézar Bombeiro promete luta para manter a realização da Feira do Livro

Após tomar conhecimento e fazer uma análise do edital de chamara nº 03/2018, divulgado pela Secretaria Municipal de Cultura, o vereador Cézar Bombeiro (PSD) afirmou que vai lutar e buscar o envolvimento da sociedade para a manter a realização da Feira do Livro na área do Centro Histórico de São Luís, mais precisamente ocupando todo o espaço da Praia Grande.

Ocorre que segundo o comunicado municipal, a Feira do Livro está programada para acontecer no período de 16 a 25 de novembro no Multicenter Sebrae. “é inconcebível esta iniciativa, já que tradicionalmente a Feira do Livro vem sendo realizada anualmente na área do Centro Histórico, o que já faz parte do calendário cultural do município, e dos segmentos literários, bem como de toda a população ludovicense”, acentua o parlamentar do PSD.

Convém ressaltar, de acordo com o vereador, que a Feira do Livro foi criada por iniciativa do então prefeito Tadeu Palácio, no segundo semestre de 2016, tendo como seu primeiro local de realização a Praça Maria Aragão, passando pelo Convento das Mercês em 2014,  e ultimamente tem se notabilizado na área da Praia Grande.

“A nossa luta para a realização da Feira do Livro na Praia Grande se dá por motivos obviamente ligados a cultura maranhense, que gira basicamente em torno do centro da cidade. Aqui na Praia Grande dispomos de locais com uma grande identificação cultural de nosso povo como a Praça Poeta Nauro Machado, a Praça Poeta e Pesquisador da cultura Popular valdelino Cécio, Teatro João do Vale, Centro de Criatividade Odylo Costa filho, Centro de Cultura Popular Professor Domingos Vieira Filho, e grandes valores culturais, que são a identificação cultural de
nosso povo”, afirma Cézar Bombeiro.

Ele justifica ainda que a Praia Grande é um marco central da cultura ludovicense, com fácil acesso a todos que são atraídos por este evento, sem contar com a facilidade da questão de mobilidade, tanto de pedestres quanto para quem usa o transporte coletivo e outros meios. “Não podemos deixar que seja cometido esse ato de violência contra a nossa cultura, e indago qual é a identificação cultural que o Multicenter Sebrae tem com os valores culturais literários de nossa gente, além de ser um local de difícil acesso para quem desejar participar da Feira do Livro”. Pontua o parlamentar.

Cézar Bombeiro promete que irá lutar bastante para manter a realização
da Feira do Livro na área do Centro Histórico, tendo como foco principal
a Praia Grande, “e estou convidando toda a população para que possamos
empreender uma luta com essa finalidade, fazendo uma mobilização de toda
a classe artística cultural, e todos para não deixar que seja cometido
um ato desse de violência contra a nossa cultura”, finalizou

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *